EDITORIAL DIA DAS MÃES

Oi gente! Hoje é Dia das Mães e o meu presente foi meu filho topar fazer este ensaio comigo pra eu poder dividir com vocês! Fazemos muitas fotos, mas na intimidade! Ele não curte muito aparecer publicamente! E eu super respeito! Esse ano eu pedi, mas já esperava um não! Mas pra minha surpresa ele topou! Fiquei muito feliz! Então segue o ‘textão’ emocionado e depois as fotos maravilhosas deste ensaio.

Desejei muito ser mãe! Estava casada havia 5 anos, em um relacionamento de 15 anos no total e meu relógio biológico gritou de uma hora pra outra. A minha cabeça ainda estava planejando outros feitos, mas o coração gritava pela maternidade, sabe?!  Tentei durante 1 ano engravidar! Não rolava! A cada menstruação um chororô! Foi quando em uma consulta a minha médica me comunicou que começaríamos fazer todos os exames para estimulação hormonal ou inseminação. Susto! E aí o Universo resolveu que seria a hora e antes de todos os exames ele chegou! A primeira a saber foi a minha irmã. Contei pra ela e pedi que fosse comigo fazer o exame. E lá fomos nós! Grávidíssima! Choramos muito! Naquele dia eu sabia que nunca mais seria a mesma! A sensação foi a de que chegou quem faltava na vida! Forte e inexplicável! E 9 meses depois ele nasceu! Desde a barriga já estabelecemos uma relação forte! E ao nascer confirmei! Eu apaixonada por ele e ele por mim! Quanta gratidão! E insegurança também! Como ensinar um outro alguém se eu ainda aprendia? Mas com o tempo aprendi que eu só direcionava, porque ele me ensina muito mais do que ensino a ele! Todos os dias! Ele é meu frescor, minha luz! Parceiro!

Temos uma relação muito forte! Que foi fortalecida pelo término do meu casamento, que se deu quando ele tinha 3 anos. Ele ainda um bebê! Eu muito fragilizada porque havia perdido meu pai, meu porto seguro, há 6 meses apenas. O cara se foi, não quis mais o casamento e nem o filho! Sumiu!

Sozinha, sem apoio financeiro, destruída pelo término do casamento, pela perda do pai e por ver meu filho sofrer por ter perdido seu pai! Foi desesperador! Pra completar, 6 meses depois da separação, perdi o emprego! E o filho sem pensão.

E quem estava lá: minha irmã. Ela segurou a barra legal! Emocional, financeira e tudo o mais! Naquele dia, o Universo me mostrou mais uma vez porque ela foi a primeira a saber sobre o nascimento do João. Ela seria a sua segunda mãe! E eu fui escolhida pra compreender e dividir a maternidade! Alguns anos mais tarde, o Universo confirmou isso, quando ela, sem filhos ainda, teve que retirar seu útero. Escolha difícil. Mas o João estava lá! E sabe o que ele disse pra ela? “Não faz mal Tia Pi, eu sou seu filho também.” Tudo escrito já!

E então eu fui pãe, pai e mãe! A minha irmã foi pãe também! Minha vó e minha mãe estiveram conosco na retaguarda. E foi assim que aprendi a ser forte! Forte além do que achava que podia! Quatro mulheres assumindo a vida e tocando em frente!

Tenho orgulho do homem que ele está se tornando! Criado com doçura, com mão forte de mulher, com idealismo feminista e com respeito ao universo feminino e a não exclusão, afinal ele tem uma das mães preta, gorda e divorciada. Não vejo nada demais, ele também não, mas a sociedade… E tem também uma constituição familiar diferente, tem duas mães e a biza na retaguarda. A vovó, minha mãe, se foi há 1 ano.

Dani Rudz Dia das Mães

E quem um dia irá dizer que não existe razão das coisas feitas pelo coração? Quem pode julgar? Quem pode apontar? Ninguém. Nós nunca saberemos a dor do outro! Por isso aqui em casa o respeito a toda forma de amor é o que predomina!

E esta é a história do meu Dias das Mães! História de mulheres guerreiras, que juntas tocam a vida em torno de um ser mais que especial, o João! Um aprendizado diário pra mim!

Hoje pela manhã acordei com ele, com flores, abraços, beijos, muitas lágrimas e o texto abaixo que ele fez pra mim! Com o coração repleto de amor e em paz com a certeza de que estamos no caminho certo! E que escolhemos seguir a vida juntos, rodeados de perto somente por quem nos ama!!

“Feliz dia das Mães!
Você é a melhor mãe do mundo! Se eu tivesse a chance de escolher alguma outra mãe eu não escolheria nem a pau pq você é a melhor, mãe. Obrigado por abrir mão da sua vida de solteira e ter eu, e me fazer o filho mais realizado de todos. Já passamos por muitos momentos difíceis, muito difíceis e as vezes impossíveis, mas continuamos aqui, juntos, unidos. Hoje não é o dia da Danielle, a mulher mais guerreira que eu conheço, que enfrenta meio mundo só pra me dar um sorriso, que desde pequena o mundo nunca a favoreceu. Hoje é o dia da minha mãe. Da melhor mãe do mundo, e sinceramente mãe, se eu pudesse trocar de mãe eu nem pensaria duas vezes. Você é a melhor mãe do mundo. Eu te amo ❤
– João Vitor, seu filho.”

Fotos: ca.labphoto – Caíto, muito obrigada por seu olhar de amor! Somos uma família! Te amamos!

Dani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das MãesDani Rudz Dia das Mães

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *






Comment *